Wednesday, May 02, 2012

Quanto mais amplo for o leque dos nossos interesses, mais úteis poderemos ser para nós mesmos e para os que nos cercam. Afinal, como diz o conhecido ditado, “o saber não ocupa lugar”. Somos dotados de múltiplos talentos, embora nem sempre tenhamos consciência disso. Cabe-nos descobri-los e desenvolvê-los, com leitura, estudo, autodisciplina e, principalmente, exercício. Fernando Pessoa já recomendava: “Sê plural como o universo”. Nossa curiosidade deve ser insaciável, pois ela é o caminho para a sabedoria. Por que sermos sambas de uma nota só, se podemos ser polifônicas sinfonias, variadas, interessantes e, sobretudo, harmoniosas?

@@@@@@@@@@@@@@

O que comprar:


Cronos e Narciso (crônicas, Editora Barauna, 110 páginas) – “Nessa época do eterno presente, em que tudo é reduzido à exaustão dos momentos, este livro de Pedro J. Bondaczuk reaviva a fome de transcendência! (Nei Duclós, escritor e jornalista). – Preço: R$ 23,90.


Lance fatal (contos, Editora Barauna, 73 páginas) – Um lance, uma única e solitária jogada, pode decidir uma partida e até um campeonato, uma Copa do Mundo. Assim como no jogo – seja de futebol ou de qualquer outro esporte – uma determinada ação, dependendo das circunstâncias, decide uma vida. Esta é a mensagem implícita nos quatro instigantes contos de Pedro J. Bondaczuk neste pequeno grande livro. – Preço: R$ 20,90.


Como comprar:


Pela internet – WWW.editorabarauna.com.br – Acessar o link “Como comprar” e seguir as instruções.

Em livraria – Em qualquer loja da rede de livrarias Cultura espalhadas pelo País.

Acompanhe-me pelo twitter: @bondaczuk


1 comment:

Fanzine Episódio Cultural said...

Mensageiras do Mar

Ondas são mensageiras do mar.
Quando harmoniosas trazem notícias
Que enchem nossos corações de alegria.

Quando o homem destrói o seu meio, o mar,
Elas são vingativas,
Trazem mensagens de fúria
Rompendo diques, invadindo ruas...

Ondas são como o beijo:
Oferecido pela pessoa amada
Deixa-nos sedentos de amor.
Mas quando frio, gelado
Deixa-nos cada vez mais finitos.

As ondas são o pacto
Entre o mar e o oceano
Que reivindicam o que lhes pertence:
Grãos de areia que juntos
Formam o seu leito,
O seu repouso.

*Do livro “O Anjo e a Tempestade”, do escritor mineiro Agamenon Troyan
MSN: machadocultural (arroba) hot ponto com