Saturday, November 25, 2006

REFLEXÃO DO DIA


Não seria possível produzir mais, sem poluir? Não há uma maneira racional de se explorar o que a natureza nos legou sem destruir? Os recursos terrestres não são como a mitológica "cornucópia da abundância", ou seja, inesgotáveis. O escritor Ulrich Schipke fez uma advertência, num de seus livros, que deveria ser tema de profunda reflexão por parte dos que têm capacidade de decisão: "Encontram-se em evolução cinco processos que ameaçam a existência da nave espacial Terra: explosão demográfica, industrialização descuidada, progressiva carência de alimentos, diminuição das reservas de matérias-primas e poluição do ambiente. Qualquer destes processos pode transformar a Terra num astro tão morto como a Lua". E, infelizmente, isto não é ficção científica.

1 comment:

Adm.SPP said...

Pedro:

A Sociedade dos Pássaros-Poetas agradece a oportunidade de compartilhar contigo o espaço poético do nosso blog e parabeniza-o pelo seu talento.

Grata por mais este belo momento poético.

De quem são as asas
a entorpecer o arco-íris?
- das flores que voam.

^Chris-Borboleta^
Adm.SPP
))§((