Wednesday, March 01, 2006

REFLEXÃO DO DIA

Podemos admitir nossas fraquezas e deficiências de forma intimista e bela. Como? Através de um poema. Como este "Epitáfio", do inglês John Howard: "Tímido demais para vender/honesto demais para ensinar/calado demais para escrever/céptico demais para pregar/altivo demais para subir/cordato demais para lutar/rasteiro demais para cair/e velho demais para mudar.//Como vêem, seria mesmo o cúmulo/eu reivindicar aqui um túmulo;/aquém do elogio, além do ultraje,/fui só o que estava de passagem". Embora sem o talento de John Howard, há muito fiz idêntica descoberta. E bem que poderia, um dia, que espero que esteja ainda muito distante, ter esse enfático epitáfio...

2 comments:

Conceição said...

Espero que demore mesmo!!!
Um abraço Pedro! Estou passando agora pelo Blog, até q enfim!!!

LUIZ FERNANDO said...

DACZUK.SEREI OBRIGADO A DESCORDAR DE VOCÊ.EU SEI QUE VOCÊ DESCOBRIU, COMO EU TAMBÉM, QUE ESTAMOS AQUI APENAS DE PASSAGEM;ATÉ AÍ TUDO BEM, MAS O SEU EPITÁFIO,QUE POR MERECIMENTO ESTÁ LONGE AINDA, NÃO PODERÁ SER IGUAL AO DO JONH HOWARD.
PORQUE EU ME RECUSO A ACREDITAR QUE VOCÊ SE ACHA VELHO E NÃO UM IDOSO.PORTANTO, "VELHO DE MAIS PARA MUDAR", NÃO ESTARÁ NO SEU EPITÁFIO.
LEIA ESTE DEPOIMENTO DE UM IDOSO DE 80 ANOS.
"O IDOSO SE RENOVA A CADA DIA QUE COMEÇA"
"O VELHO SE ACABA A CADA NOITE QUE TERMINA"
"VOCÊ É IDOSO QUANDO AINDA APRENDE"
"É VELHO QUANDO JÁ NEM ENSINA"
PORTANTO, MEU GRANDE DACZUK, VOCÊ CONCETEZA ABSOLUTA É UM IDOSO.